The Warm Coffee

O derradeiro guia de música e videojogos

Posts Tagged ‘stealth’

Splinter Cell: Pandora Tomorrow (PS2/Xbox/PC/GC)

Posted by César Costa em 30/07/2009

Género: Stealth Action

Editoras: Ubisoft Shangai, Ubisoft Annecy

Distribuidora: Ubisoft

Plataforma: (PS2/Xbox/PC/GC)

Data de Lançamento: 2004

Desta vez serei breve. O jogo já tem 5 anos, e não me parece que haja muita gente a jogá-lo a não ser eu. Mas por pertencer a uma das séries de jogos de que mais gosto, decidi analisá-lo.

O jogo conta história do agente secreto Sam Fisher, que trabalha para uma organização que no decorrer do jogo tem como objectivo impedir que um bando de terroristas, encabeçado por Suhadi Sadono, espalhe um vírus mortal. Vai dá que o nosso Sam tem de practicamente jogar às escondidas para passar pelos inúmeros inimigos que aparecem no decorrer do jogo.

O enredo em si não é nada fácil de seguir, principalmente se não se perceber inglês, e mesmo assim só se apanha o básico, pois não há legendas nem algo que se pareça. Confesso que eu próprio, que percebo inglês, tive dificuldade em seguir o enredo. Mas adiante…

Em termos de gráficos, as coisa mudam de versão para versão, sendo aqui a versão PS2 a mais prejudicada, muito por culpa de ter um hardware inferior às outras plataformas. As texturas são razoáveis, os modelos das personagens são medianos, e os cenários são bons. Nada de mau, mas na versão PS2 o grafismo sofre um pouco.

Em termos de jogabilidade, apesar de ao princípio parecer um pouco complicado, o esquema de botões é intuitivo, e os controlos respondem na perfeição. Nota apenas para a IA que deixa um pouco a desejar, já que mesmo que estejamos a 1 m do inimigo, se estivermos no escuro ele nao vê nada, a menos que tropece em nós. A dificuldade das missões é sempre a mesma, e o método que se requere para avançar no jogo é o de tentativa e erro, já que as ameaças são sempre as mesmas, estão sempre nos mesmo sítios, e geralmente um problema tem sempre apenas uma solução. O que não agrada muito neste tipo de jogos… No entanto, o brilho do jogo está na jogabilidade, já que é altamente compensador chegar ao fim do nível sem ter soado nenhum alarme, e é simplesmente espectacular cumprir objectivos usando todos aqueles gadgets de que Sam dispõe, e sobretudo, é viciante passar o jogo de uma forma sorrateira.

Quanto ao som, o barulho das armas poderia estar melhor, o som de fundo dos cenários está melhor, e as músiquinhas de suspense estão ainda melhores. O que poderia estar melhor é tambem a dobragem dos actores, à excepção de Michael Ironside (voz de Sam).

Tendo em conta que são muitas as vezes que se perde, e se volta a tentar, o jogo pode durar cerca de 10 a 13 horas, o que já não é mau…

No final do dia, Splinter Cell: Pandora Tomorrow é um belíssimo jogo, capaz de competir com Metal Gear, por muito que os ‘die-hard’ fãs de Kojima tentem contra-argumentar. Recomendo a quem esteja familiarizado com jogos stealth, ou a qualquer outra pessoa que na sua infância gostava de jogar às escondidas.

Classificação final:4.0

Anúncios

Posted in Reviews Jogos | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

Hitman 2: Silent Assassin (PC)

Posted by César Costa em 18/04/2009

hitman_2_artwork

Género: Stealth Action

Editora: IO Interactive

Distribuidora: Eidos Interactive

Plataforma: PC

Data de Lançamento: 4 de Outubro de 2002

O agente 47 não é propriamente desconhecido. Quer dizer, partindo do princípio que ninguém sabe o seu verdadeiro nome (se é que tem) ele até pode ter algo de misterioso, mas o homem já é da casa. Um jogo razoável no PC, uma estreia que até nem saiu mal comercialmente, valeu-lhe a segunda oportunidade, desta vez, um lançamento multiplataforma. E diga-se, esta foi a verdadeira afirmação.

Stealth games sempre houve poucos: Metal Gear em finais dos anos 90, Splinter Cell à porta do milénio, e pouco mais. Lá pelo meio sempre esteve o carequinha, que optou sempre por uma abordagem diferente aos alvos. Solid Snake e Fisher sempre se socorreram a gadgets e grandes armas para cumprir os objectivos, mas 47 pode terminar um nível só com uma corda, ou no máximo uma pistolinha. E nada de grandes vestes. Um simples smoking dá para o serviço.

s19367_pc_3

Silent Assassin é um passo de gigantone em relação a Codename 47, o jogo de estreia. C47 era um jogo demasiado simples, e por isso mesmo não fez o sucesso nem a teve a aclamação crítica que a IO Interactive esperava. Mas com SA, tudo muda.

Neste jogo, 47 tem como missão principal salvar o seu mentor e amigo Padre Vittorio, com os raptores pedindo 500.000 dolares em dois dias. 47 contacta a Agência e em troca dos seus serviços pede ajuda a encontrar o seu amigo.

Graficamente, temos uma grande jogo, Os efeitos de luz estão muito bons, o detalhe dos modelos das personagens é também ele satisfatório, e as paisagens, mesmo não impressionando, estão a bom nível. Um bug ali, uma imperfeição gráfica ali, não mancham a performance.

68540_largeNo que à jogabilidade diz respeito, o jogo oferece uma experiência bastante gratificante: os inimigos mostram uma IA melhorada significativamente, e basta corrermos nos cenários para começarem logo a desconfiar. As armas em maior número são também um motivo para sorrir, e toda a mecânica de jogabilidade não atrapalha em nada a acção. Não há nada melhor que roubar as roupas a um pobre inocente, usá-las como disfarce, e chegar ao alvo sem levantar a minima suspeita…

Em termos de som, temos uma banda sonora a cargo do génio Jesper Kyd, que faz aqui um excelente trabalho, mais um vez. A música, mesmo entrando sempre suavemente, consegue dar uma nova dimensão à acção, e envolve completamente o jogador.

hitman-2-silent-assassin-521873277101

Quanto à longevidade, este é um jogo para durar, correndo ao longo de cerca de 18 missões, todas possíveis de serem repetidas uma ou duas vezes sem usar o mesmo processo. O factor de repetição é algo a ter em conta.

Resumindo e concluindo, este é um jogo de proporções épicas, seja pelo enredo, pela atmosfera fantástica do jogo, ou pela liberdade oferecida ao jogador no cumprimento dos objectivos ao longo da aventura. Recomendo vivamente a quem gostou do original, de qualquer outro jogo da série, e a quem está familiarizado com jogos stealth em geral.

Classificação final:45

Posted in Reviews Jogos | Com as etiquetas : , , , , , , , | 1 Comment »