The Warm Coffee

O derradeiro guia de música e videojogos

Posts Tagged ‘Soft Rock’

“Kaputt”, Destroyer [2011]

Posted by César Costa em 04/01/2012

Data de lançamento: 25 de Janeiro de 2011

Género: Soft Rock, Ambient Disco

Duração: 50 min.

Editora: Merge

Produção: Destroyer

 

Um dos álbuns que deixei para trás em 2011. Saiu no início do ano e só agora lhe dei uma oportunidade. Não merece todo o hype que tem recebido mas é certamente um álbum de qualidade.

O seu toque chill-out e acalmia geral são encantadores e algumas das composições são feitos por direito próprio. “Savage Night At The Opera” é tão hipnotizante e relaxante que é um convite à introspecção e o mesmo se pode dizer de “Suicide Demo for Kara Walker”; a voz de Dan Bejar ajuda à descontração já que passa o disco inteiro a sussurrar-nos ao ouvido com aquele toque tipo David Bowie ou Bryan Ferry… “Kaputt” tem momentos de genialidade e outros um pouco mais mortos, mas nunca chega a desiludir verdadeiramente. O final é bastante satisfatório já que é a concretização de tudo o que se faz no resto do álbum. Um começo bem ambient que desenvolve para uma espécie de Disco inspirado em bandas dos anos 80.

Não é nada de extraordinário mas é sem dúvida um álbum merecedor de atenção. Oiçam.

  1. "Chinatown" 
  2. "Blue Eyes" 
  3. "Savage Night at the Opera" 
  4. "Suicide Demo for Kara Walker
  5. "Poor in Love" 
  6. "Kaputt" 
  7. "Downtown" 
  8. "Song for America" 
  9. "Bay of Pigs (Detail)" 

Download (torrent)

image

Posted in Reviews Música | Com as etiquetas : , , , , , , , | Leave a Comment »

“Charm School”, Roxette [2011]

Posted by César Costa em 15/02/2011

image Data de lançamento: 11 de Fevereiro de 2011

Género: Rock, Pop

Duração: 41 min.

Editora: EMI

Produção: Clarence Öfwerman, Christoffer Lundquist, Roxette

 

Os veteranos Roxette Regressam com um novo disco e é impossível não comparar “Charm School” a outros trabalhos do duo. A comparação pode não ser, em alguns casos, muito abonatória para a banda mas o novo álbum não é nenhuma afronta ao legado dos suecos.

CS continua na mesma fórmula sob a qual a banda sempre trabalhou. O som resume-se a um Soft Rock bem acessível, desenvergonhadamente Pop e com uns clichés aqui e ali. Musicalmente, e liricamente, diga-se, Per e Marie não mudaram muito ao longo da carreira e aqui, em “Charm School”, é-nos novamente oferecido o mesmo Pop estilo anos 80 que fez sucesso.

Se por um lado, então, os Roxette soam o mesmo de sempre, por outro a banda parece ter ainda algumas ideias e de maneira nenhuma soa como um grupo desgastado. É tudo bastante familiar mas ao mesmo tempo novo o suficiente para não o ignorarmos.

“Way Out” é igualzinha a vários singles da banda, o que não é propriamente mau: para quem não lança nada de novo há 10 anos trazer de volta o que de melhor fez pode ser uma boa ideia. E resulta. “She’s Got Nothing On (But The Radio) até entra pelo New Wave adentro dando um ‘feeling’ retro ao álbum, ‘feeling’ esse que, aliás, paira em algumas faixas.

Depois temos um cheirinho a “It Must Have Been Love” com “Speak To Me”, e se não fossem os versos desinspirados de Per Gessle esta teria sido uma canção muito boa. Ainda assim é um dos melhores momentos aqui presentes. Essa e “After All”. O “toque Beatles” fica muito bem e o tema em si é bem composto.

E terminando com a simpática “Sitting On The Top Of The World”, “Cham School” consegue relembrar por que razão os Roxette tiveram sucesso há mais de 20 anos atrás. Não adicionará nenhum grande tema ao catálogo da banda mas aqueles que já sentiam a sua falta irão ficar bem agradados com o novo disco.

  1. "Way Out"
  2. "No One Makes It on Her Own"
  3. "She’s Got Nothing On (But the Radio)"
  4. "Speak to Me"
  5. "I’m Glad You Called"
  6. "Only When I Dream"
  7. "Dream On"
  8. "Big Black Cadillac"
  9. "In My Own Way"
  10. "After All"
  11. "Happy on the Outside"
  12. "Sitting on Top of the World" 

Download (Deluxe Edition)

image

Posted in Reviews Música | Com as etiquetas : , , , , , , | Leave a Comment »