The Warm Coffee

O derradeiro guia de música e videojogos

“Here Come The Tears”, The Tears [2005]

Posted by César Costa em 28/11/2010

https://i0.wp.com/www.muziekwereld.com/rec-te1270.jpg

Data de lançamento: 6 de Junho de 2005

Género: BritPop, Alternative

Duração: 53 min.

Gravadora: Independiente Records

Productores: Bernard Butler

Logo 2 anos depois do fim dos Suede, Brett Anderson e Bernard Butler encontram-se, chamam mais uns quantos amigos, e formam os The Tears. “Here Come The Tears” é exactamente aquilo que se esperaria de uma eventual reunião destes dois: um sucesso.

Brett está rejuvenescido, e se em “A New Morning” já parecia algo desinspirado, neste disco de estreia da sua nova banda aparece com a virtuosidade de tempos passados, onde até a mais poderosa e complexa das melodias não consegue bater o charme da sua escrita lírica. E Butler… bem, Butler aparece com todo o seu génio, como sempre, conduzindo a banda por trás de Brett como ninguém. Já da praxe é a produção, usando a técnica ‘Wall Of Sound’ Bernard Butler imprime a sua cunha em “Here Come The Tears”, provando uma vez mais o seu talento como productor. E a verdade é que sem Bernard Butler, os The Tears não seriam a mesma coisa. Embora os Suede tivessem vivido bem até uma certa altura sem ele, este novo projecto é uma coisa só de Brett e Butler, como se de um reencontro se tratasse. E que reencontro.

O estilo inconfundível dos primeiros trabalhos dos Suede está aqui, embora disfarçado por um som que mais se assemelha ao final da carreira da banda. É um disco que fala essencialmente de amor e relações. Mas desengane-se quem pensa encontrar aqui muita lamechice. Brett anderson sabe escrever como ninguém, e temas como “The Ghost Of You”, “Two Creatures” e “Apollo 13” são a maior prova disso. Aliás, estas 3 canções poderiam perfeitamente ser B-sides dos Suede, e até têm cara disso… É o melhor que os The Tears poderiam fazer, chegar à qualidade dos Suede. E conseguem quase com distinção.

O álbum é um prazer enorme de ouvir, tem temas fortíssimos como a já citada faixa “Apollo 13”, que possui uma carga dramática incrível, onde Anderson canta de forma avassaladoramente emocionada, ou “Two Creatures”, uma faixa alegremente romântica, “The Asylum”, que tem um cheirinho a ‘Dog Man Star’ (não sei porquê), ou até a música de encerramento “A Love As Strong As Death”. O que não faltam aqui são hits, com certeza, e a solidez do álbum é invejável. “Co-Star” e “Brave New Century” não impressionam, mas como já disse, o melhor elogio que se pode fazer a este “Here Come The Tears” é que consegue rivalizar com boa parte do catálogo dos Suede. É um disco cheio de pormenores à la Suede onde de tempos em tempos Butler lá rompe pela música dentro com guitarradas desenfreadas, ou Brett, que de vez em quando dá asas à sua imaginação e presenteia-nos com o melhor do seu talento.

“Yes, If you follow me, i will follow you into the unknown”, canta Brett em “Apollo 13”, como só ele sabe. Temas como este mostram como soa a verdadeira música, e bandas como esta mostram porque merecem aclamação. Nos tempos que correm, onde o superficial, o barato e o imediato lideram as tabelas, são precisas mais ocasiões destas, onde génios musicais de tempos passados se reencontram e constroem obras de arte. Em 2005, o fracasso dos Suede ainda estava fresco, e embora “A New Morning” não tivesse sido mau, também não conseguiu prender os mais nostálgicos fãs da banda que suplicavam por um novo “Dog Man Star”. Mas a esta altura do campeonato os apreciadores de música só querem bandas como os Suede. Se “Here Come The Tears” sarou a ferida em 2005, Brett Anderson está hoje mais que perdoado…

  1. Refugees” – 2:51
  2. “Autograph” – 3:31
  3. “Co-star” – 4:01
  4. “Imperfection” – 4:42
  5. “The Ghost of You” – 4:57
  6. “Two Creatures” – 3:57
  7. Lovers” – 4:03
  8. “Fallen Idol” – 3:39
  9. “Brave New Century” – 3:44
  10. “Beautiful Pain” – 3:46
  11. “The Asylum” – 3:53
  12. “Apollo 13” – 5:34
  13. “A Love as Strong as Death” – 4:14

Download

https://thewarmcoffee.files.wordpress.com/2010/02/4-5.jpg

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: